Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há pêssegos na lua

há pêssegos na lua

30
Nov13

Vícios


   O que é que faz uma pessoa ter maus vícios? Alias tudo em demasia é mau, não é assim? Neste caso refiro-me a vícios como álcool, tabaco, jogo -- os mais conhecidos.
 
   Vejamos que para uma pessoa ter um vício é porque tem algo que não está correcto com ela, ou com o que a rodeia e só aqui surgem inúmeros factores: 
- Problemas com entes queridos: amigos/as; mulher/marido; filhos/as; pais;
- Problemas monetários;
- Problemas no trabalho;
- Problemas com entidades do estado;
- Problemas de saúde graves;

   A meu ver, os problemas no trabalho, monetários e com o banco estão relacionados e isso resolve-se de uma maneira ou de outra: falando com o boss e tentar chegar a um bom senso. Tal como se pode fazer o mesmo com os bancos -- Não se consegue pagar a quantia toda que se deve, tentamos chegar a acordo com eles, pagar em mais vezes -- por exemplo!

   Agora quando se tem problemas com os entes queridos é diferente! Uma pessoa perde a vontade de viver por saber que ninguém está com ele e que ele está sozinho no mundo... Então agora a isto juntamos os problemas de saúde graves, eu pergunto: Como é que uma pessoa pode bater bem da cabeça assim? -- Isto assusta e muito, nem interessa a idade que se tem, continua sempre a assustar, só o facto de não se saber o dia de amanhã assusta, mas é isso que nos devia fazer lutar para estarmos rodeados por pessoas que gostam de nós e nós delas?
 
Então porque vejo o contrário? 
   Vejo casais juntos à mais de 20 anos cujo casamento já não existe e eles são só meros conhecidos, ou grandes amigos -- MAS sem sexo pelo meio;
   Vejo os filhos que não querem saber dos pais: não lhes interessa se estão bem ou mal, vão continuar a trata-los como lixo e a usa-los como bem querem e lhes apetece.
 
   Todos os dias vejo isto a acontecer e não consigo entender porquê! Eu não passo sem os meus pais e se lhes acontecesse alguma coisa eu não sei o que seria de mim, a quem é que iria pedir opinião disto ou daquilo?
   Não me imagino sem eles e sem que algum dia isso vai acontecer -- Mas também ninguém fica cá para semente.

Em suma, o ser humano devia de ser unido, porque um dia como já se viu... A união é que faz a força!

--
Não poderia existir melhor poema para transmitir a forma como me tenho sentido nestes últimos dias...

 
Estou Tonto

Estou tonto,
Tonto de tanto dormir ou de tanto pensar,
Ou de ambas as coisas.
O que sei é que estou tonto
E não sei bem se me devo levantar da cadeira
Ou como me levantar dela.
Fiquemos nisto: estou tonto.

Afinal
Que vida fiz eu da vida?
Nada.
Tudo interstícios,
Tudo aproximações,
Tudo função do irregular e do absurdo,
Tudo nada.
É por isso que estou tonto ...

Agora
Todas as manhãs me levanto
Tonto ...

Sim, verdadeiramente tonto...
Sem saber em mim e meu nome,
Sem saber onde estou,
Sem saber o que fui,
Sem saber nada.

Mas se isto é assim, é assim.
Deixo-me estar na cadeira,
Estou tonto.
Bem, estou tonto.
Fico sentado
E tonto,
Sim, tonto,
Tonto...
Tonto.


Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa



The End.
 
27
Nov13

Glúten... Ou falta dele!

Hoje apetece-me escrever (+ uma vez) sobre mim, mas neste caso sobre a minha saúde, que ultimamente anda um pouco à quem.

Descobri à pouco tempo que tenho intolerância ao Glúten, muito resumidamente tudo o que sejam cereais: (trigo, centeio, cevada, etc) e dos seus derivados eu não posso comer... De todo!
Lado negativo da coisa:
1. Não consigo tomar o pequeno almoço, lanchar em nenhum café... E por vezes até almoçar, isto claro quando existem (que é o que acontece maior parte das vezes) menus para estudantes cujos ingredientes passam sempre pelo pão com qualquer coisa.
1.1. Quando vou a algum lado as 2 coisas que pergunto logo é: "Tem alguma coisa para comer sem glúten?" e "Obrigada, agradeço a ajuda", pq como já disse: eles nunca têm nada que eu possa comer :c.
2. Tenho que ler TUDO, mas quando digo tudo, é mesmo TUDO o que compro -- Se antes já demorava que tempos nas compras então agora por ter que ler todos os rótulos, demoro séculos!
3. Os produtos sem glúten são caríssimos... Só para terem uma noção 1kg de farinha sem glúten custou-me 5€.

Lado positivo da coisa:
1. Reeducação alimentar;
2. Ando a beber mais água e isso é extremamente importante para a nossa saúde.
 
Agora é habituar-me a isto... E ao facto de ter que começar a fazer os meus Donuts. Também já fiz os meus primeiros pães -- Ficaram tão bons! *-*.
* Em suma, o meu 1º negócio vai ser dedicado aos doentes celíacos, ou seja para mim e para as eventuais pessoas que sofrem do mesmo... Sim porque não existe nenhum espaço adequado para nós!
 
 
Isto pode ser complicado, mas dá-se sempre a volta!

--
 
Time for music, and sleep: Wild Belle - It's too late
P.S.Estou apaixonada por esta música!:  
 
 
 
The end.
25
Nov13

Gere o teu tempo com estas Apps!


Na minha vida impera a Desorganização! 
Cada vez tenho mais coisas para fazer e por vezes acabo por me esquecer de pequenas coisinhas... (Datas de entrega de trabalho), consultas no dentista, ou ir fazer analises... Enfim, já lhe perdi a conta! Para cada uma das fases existe uma APP responsavel para ajudar a cumprir estes meus objetivos. 

O que fiz primeiro foi: Planeamento das atividades que tenho para fazer ao longo da semana. Ou seja, todos os Domingos eu vejo os trabalhos que tenho tanto para empresa como para a faculdade para fazer e as datas de entrega de ambos. Assim acabo por criar um mapa de trabalho que depois imprimo e fica colado na parede.

APP:  Symphonical. (mural em que colocamos post-it com o que temos para fazer e depois podemos imprimir). É gratuita. 


O que fiz de seguida foi: Gestão do tempo para cada uma das atividades. 
Estipulei um tempo que tenho que cumprir para a fazer, se não conseguir fazer vai uma nota para dentro do mealheiro.
APP: Toggle. (gestão de tempo usado em cada tarefa)
Para não falar da minha agenda, que agora já me vou habituando a ela! :)


Por ultimo, O Descanso.
É verdade, também estipulei o meu descanso!
Todos os dias da semana tenho 2h (repartidas) para descansar e ao fim de semana acabo por ter mais tempo para descansar porque estudo mais tempo seguido.

Não se esqueçam que o descanso é essencial e sem ele a nossa cabeça dá em maluca!
O principal é a força de vontade e tentar lutar contra a preguiça e ver que com tudo planeado temos tempo para tudo :)

Não esquecendo que a desorganização atrapalha a nossa produtividade!

E vcs o que costumam de fazer para se organizar? 

25
Nov13

DIY | Agenda Personalizada

A vossa mãe também era daquelas que encadernava os manuais quando andavam na primária? Ou no básico? A minha era! E lembrei-me de fazer o mesmo mas numa agenda que tinha comprado :)

A minha agenda é + bonita que a tua! (brincadeirinha!)



Estou cansada de cada vez que vou a algum lado procurar uma agenda, das duas uma: ou nunca encontro nenhum, ou então custa-me os olhos da cara e acabo por não a comprar.
Portanto, decidi eu fazer a minha própria agenda (neste caso dar-lhe outro aspecto!)

Ora bem, em termos de preço:
Agenda - 2€;
Rolo de papel de parede - 1€. (Sim usei o rolo de papel de parede porque este já tinha cola).
Cola - 1€  (A cola branca que vêm já a tinha, mas uma de baton serve perfeitamente para colar a vossa etiqueta)

Aqui estão as fotos:


    





Se quiserem que explique mesmo de tintim por tintim onde é que cortam, como devem cortar, medidas etc. Digam!

Em vez de 16€, que é normalmente o preço das agendas gastei 4€ mais ninguém tem igual e é ao meu gosto! (faltam uns autocolantes haha)

Já viram que isto pode ser uma boa prenda de Natal?!

Espero que gostem e deixem a vossa opinião! :)
24
Nov13

A geração NEM-NEM

"Portugal já tem quase meio milhão de jovens dos 15 aos 34 que não estudam nem trabalham."

"São os chamados “nem-nem”. Jovens entre os 15 e os 34 anos que não têm emprego, não estudam, nem estão em formação. De 2008 para cá, há mais 92 mil nesta situação."




Eu às vezes pergunto se sou deste mundo! Eu sou estudante universitária e trabalho, e como disse no meu comentário no artigo. "Eu devo ser exceção" ou então tenho uma maneira de pensar diferente.

A escolaridade obrigatória é até aos 18 anos, e depois supostamente a não ser com conhecimento dos pais só se pode trabalhar a partir dos 18.
Portanto que estão os miúdos a fazer em casa? 
Eu sei que é complicado, mas se os pais têm assim tanta dificuldade também se expuserem o assunto à Escola, eles também ajudam. A minha escola fez isso! Dava pequenos almoços aos alunos carenciados e aconteceu porque os pais foram falar com o diretor. 
Existe sempre o factor de medo e vergonha, mas nos tempos que correm é preciso deixar isso de lado e pensar no futuro (em curto prazo) dos filhos.  - Digo, futuro em curto espaço porque neste momento só a viver o presente é que conseguimos fazer algo. Não dá para pensar no futuro a longo prazo porque nada é para a vida toda.

Em relação ao trabalhar + estudar e conciliar os dois...
Epá, é complicado, pois é.  Por vezes durmo menos de 2h por dia para conseguir entregar os trabalhos e estudar. Mas a força de vontade é maior que tudo aquilo que leio por aí e no fim vai valer a pena!
Mas quem tem contas para pagar (faculdade, casa, comida, etc) sujeita-se a quase tudo, trabalhar em cafés, em restaurantes, bares, trabalhar ao fim de semana... Certo?

Sabem o que me dizem? "Eu não andei a estudar para isso, andei a estudar para ser isto"; "Eu?!! Trabalhar aos fds nem pensar!!"  -- Afinal precisam ou não precisam de trabalhar? Querem ou não querem continuar a estudar?
A meu ver, os valores que lhe passaram não foram os mais corretos e agora vê-se isso. Mas também acho que todos temos cabeçinha para pensarmos por nós!

Eu antes de trabalhar na minha área, trabalhei durante muito tempo em cafés, bares, restaurantes, nas férias de verão, aos fins de semana, e apesar de seres áreas diferentes deram-me estofo para a minha atual profissão! Deram-me a dita experiência que alguns sítios pedem.

Os tempos que correm são difíceis, mas se deixarmos de ter optimismo e força de vontade não ajuda em nada!!  Aqui CULPO a lavagem cerebral que a comunicação social exerce sobre nós! O negativismo que nos passam todos os dias por TV, Jornais, (algumas) Rádios é estrondoso! Basta verem o Correio da Manhã - Metade é sobre mortes e roubos - outra metade sobre a vida dos famosos.

Devíamos de pensar nas coisas boas que nos aparecem, que apesar de pequenas, são bonitas! :)

E vcs o que acham desta situação toda?



Pág. 1/2

Welcome.


➳ portuguesa, celíaca

Queres falar comigo? hapessegosnalua@gmail.com


yôkoso!

Seguir

Follow

Google+ Followers

Instagram

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D